EDITORIAIS

As notícias, informações, dicas e opiniões com a qualidade dos melhores profissionais!

1/1

VEJA COMO IRÁ FUNCIONAR A SUSPENSÃO DAS PARCELAS DE EMPRÉSTIMO CONSIGNADO!



No Paraná, o Governador Ratinho Junior, a pedido do deputado Estadual Mauro Moraes, autorizou em decreto que os servidores poderão suspender o pagamento de parcelas de empréstimo consignado por 90 dias. Veja como irá funcionar:


A QUAIS SERVIDORES ELA SE APLICA:

O decreto suspende por 90 dias os descontos de empréstimos consignados em folha de pagamento obtidos por servidores da Administração Pública Direta, Autárquica e Fundacional do Poder Executivo: militares, servidores civis, ativos e inativos, assim como aos pensionistas de geradores de pensão.


POR QUANTO TEMPO

As parcelas dos próximos 90 dias (três meses) poderão ser pagas ao término do contrato de obtenção de empréstimo consignado. Ou seja, as parcelas que ficarem em aberto serão transferidas para os três meses posteriores ao pagamento do que seria a última parte da dívida.



SOU OBRIGADO A ADERIR AO ADIAMENTO DAS PARCELAS Não. A suspensão é facultativa a todos os servidores.

A SUSPENSÃO É AUTOMÁTICA OU DEVO APRESENTAR REQUERIMENTO Todo servidor interessado em postergar por 90 dias o pagamento de parcelas precisa apresentar requerimento diretamente à instituição consignatária na qual tenha firmado o contrato de empréstimo.

PARA QUEM ADERIR, HAVERÁ JUROS? O militar, servidor civil, ativo e inativo, ou pensionista que solicitar a postergação das parcelas do empréstimo consignado deverá se responsabilizar pelos encargos financeiros incidentes sobre a operação decorrente da aplicação deste Decreto.

A SUSPENSÃO DO PAGAMENTO TERÁ EFEITO SOBRE NOVO EMPRÉSTIMO? Para efeito de verificação da margem consignável, serão consideradas as parcelas suspensas dos empréstimos consignados.

Camilo First

Fone: (41) 9 9867-5934

camilofirst@yahoo.com.br