EDITORIAIS

As notícias, informações, dicas e opiniões com a qualidade dos melhores profissionais!

1/1

UM BRASIL PARA OS BRASILEIROS

Atualizado: 24 de Out de 2019


Diante do quadro atual pintado com cores sombrias e que tiram o brilho do nosso

patriotismo verde e amarelo, pensar sobre os rumos do nosso país faz-se mais que necessário para desanuviar o tom cinzento que paira no ar. Voltar o olhar para a história do Brasil e perceber quão pouca experiência de democracia temos e quão longo ainda é o caminho a trilhar, gera um desconforto e incompreensão constatar que muitos brasileiros no desespero de ver a pátria arrumada pós-corrosão da corrupção, gritam por outro regime que não seja o previsto na constituição federal. Compreender que os problemas que temos não surgiram hoje, nem nas últimas décadas, mas tem raízes profundas, nos dá a certeza de que precisamos conhecer a nossa história, assumir a nossa cidadania e tomar atitudes que passo a passo possam construir um novo caminho, já que o trilhado até agora nos trouxe a essa realidade desoladora. Os 300 anos de colonização de exploração portuguesa sustentada pela indigna escravidão negra e indígena marcou a nossa história com tamanha desumanidade que germinou uma desigualdade social que hoje sangra nas periferias das cidades e nos lamentáveis becos da exclusão. Não se pensou em dignidade para aqueles que construíram com dor esse país, uma sociedade que se construiu miscigenada e discriminada. Justiça social ecoa como um grito desde aquele século e a esperança não se abafa mesmo com os mandos e desmandos que esta nação foi tendo nestes dois séculos de pátria livre. Os 67 anos de monarquia deu contornos de país a estas terras mesmo sem poder contar com a imensa quantidade de riquezas que daqui foram surrupiadas e exportadas durante a colonização. Nação livre de Portugal e presa ao trabalho escravo nos atrasaram perante o resto do mundo. O sonho da república presente no mundo do século 19 aqui também se fez presente e se concretizou com a farda verde. Um século de república, a velha, a nova e a de agora e um tímido exercício democrático que não emplacou ainda suficientemente, não nos libertou do mando ao estilo coronelista, oligarquista, corporativista. Tentativa de governos voltados à justiça social tem sido sucumbida pela contaminação do poder, que tanto deslumbram os homens, até os mais “bem intencionados”. A corrupção, essa terrível doença sistêmica, gestada no início desta nação e com fortes raízes, submete o sistema todo e corrói o projeto de país justo e desenvolvido. O ranço do passado monarquista e escravagista parece povoar a mente dos que chegam ao poder e não nos livra ainda da praga dos privilégios dado aos três poderes como se os milhões de brasileiros que pagam os trilhões de impostos, sem o justo retorno, fosse uma classe subalterna, obrigada a assistir atônitos os injustos privilégios de forma submissa, sem qualquer reação. O que poderá mudar esta nação corroída pela corrupção, se não o aprendizado do exercício democrático consciente e perseverante que eleja dignos representantes? O que poderá transformar este país numa nação desenvolvida e justa, senão um povo educado em uma moral civilizada onde a humanidade de todos possa ser reconhecida? O que nos tirará a vergonha da quase última colocação no ranking educacional, senão uma educação universalizada e competente que preparará nossos jovens para um mundo do trabalho qualificado e compatível com seus anseios e habilidades? O que poderá mudar o vergonhoso Brasil da propina, do jeitinho e da trapaça em um Brasil honrado pelos brasileiros e respeitado pelo resto do planeta, senão a construção de uma cultura com bases éticas estáveis que reergam esta nação? Ah Brasil, como te queremos de volta para os brasileiros honrados! Ah país meu, como te queremos reconstruído e livre pra ser finalmente nossa Pátria Amada Brasil!

Camilo First

Fone: (41) 9 9867-5934

camilofirst@yahoo.com.br