EDITORIAIS

As notícias, informações, dicas e opiniões com a qualidade dos melhores profissionais!

1/1

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA


Você sabe o que é uma ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA (ETA)?

ETA - é o conjunto de instalações e equipamentos destinados a obter agua para consumo humano em conformidade com os Padrões de Qualidade.


FUNCIONAMENTO

A água da REPRESA (01) é CAPTADA (02), e então bombeada para as Estações de Tratamento de Água.


O processo convencional de tratamento de água é dividido em fases. Em cada uma delas existe um rígido controle de dosagem de produtos químicos e acompanhamento dos padrões de qualidade.


As etapas são:

03 - Pré-cloração – Primeiro, o cloro é adicionado assim que a água chega à estação. Isso facilita a retirada de matéria orgânica e metais.

Pré-alcalinização – Depois do cloro, a água recebe cal ou soda, que servem para ajustar o pH aos valores exigidos nas fases seguintes do tratamento.

Coagulação – Nesta fase, é adicionado sulfato de alumínio, cloreto férrico ou outro coagulante, seguido de uma agitação violenta da água. Assim, as partículas de sujeira ficam eletricamente desestabilizadas e mais fáceis de agregar.

04 - Floculação – Após a coagulação, há uma mistura lenta da água, que serve para provocar a formação de flocos com as partículas.

05 - Decantação – Neste processo, a água passa por grandes tanques para separar os flocos de sujeira formados na etapa anterior.

06 - Filtração – Logo depois, a água atravessa tanques formados por pedras, areia e carvão. Eles são responsáveis por reter a sujeira que restou da fase de decantação.

Pós-alcalinização – Em seguida, é feita a correção final do pH da água, para evitar a corrosão ou incrustação das tubulações.

Desinfecção – É feita uma última adição de cloro no líquido antes de sua saída da Estação de Tratamento. Ela garante que a água fornecida chegue isenta de bactérias e vírus até a casa do consumidor.

07 - Fluoretação – O flúor também é adicionado à agua. A substância ajuda a prevenir cáries.

08 - Reservatório - Após o tratamento, a água tratada é armazenada inicialmente em reservatórios de distribuição e depois em reservatórios de bairros, espalhados em regiões estratégicas das cidades.

09 - Distribuição - Desses reservatórios a água vai para as tubulações maiores (denominadas adutoras) e depois para as redes de distribuição até chegar aos domicílios.

10 - Redes de Distribuição - Depois das redes de distribuição, a água geralmente é armazenada em caixas d'água. A responsabilidade das ETAS é entregar água até a entrada da residência onde estão o cavalete e o hidrômetro (o relógio que registra o consumo de água). A partir daí, o cliente deve cuidar das instalações internas e da limpeza e conservação do reservatório.

11 - Cidade - A água tratada é distribuída para as residências, comércio e indústria a partir dos reservatórios de água potável.


Mesmo quem recebe água da estação de tratamento deve filtrá-la para o consumo. Isso porque pode haver contaminação nas caixas d'água dos edifícios ou das casas ou infiltrações nos canos. As caixas-d'água devem ficar sempre bem tampadas e ser limpas pelo menos a cada seis meses (falaremos sobre isso em um outro momento oportuno). Além disso, em certas épocas, quando o risco de doenças transmitidas pela água aumenta, é necessário tomar cuidados adicionais.

Camilo First

Fone: (41) 9 9867-5934

camilofirst@yahoo.com.br