EDITORIAIS

As notícias, informações, dicas e opiniões com a qualidade dos melhores profissionais!

1/1

DESCARTE CORRETO DE MÁSCARAS E LUVAS


Para evitar a propagação do novo coronavírus, a Secretaria de Saúde orienta sobre os cuidados na hora de descartar máscaras e luvas usadas.


Na luta contra o coronavírus, as melhores armas são os cuidados de higienização e o uso de equipamentos de proteção individual (EPI), além do isolamento social.


Com a obrigatoriedade do uso de máscaras e a flexibilização de alguns setores do comércio, é importante se atentar à maneira correta de descartar esses materiais de proteção, principalmente para evitar a propagação do vírus.


É recomendada à população a utilização de máscaras de tecido, que podem ser lavadas. No caso das máscaras de material não lavável e que não suportam o calor do ferro elétrico, é orientado o descarte em um saco plástico fechado, separadamente, antes de ir para a lixeira. Não jogue o equipamento de proteção diretamente no lixo. Dessa forma, cria-se uma barreira adicional de proteção e evita-se o contágio de terceiros.

Após o uso, a pessoa deve removê-la apenas pelas tiras ou elásticos (evite tocar na superfície externa da máscara). Depois de retira-lá, é recomendado higienizar as mãos com água e sabão ou com álcool a 70%. O mesmo vale para depois da utilização de luvas.

O ideal é sair de casa com máscaras reserva e uma sacola plástica para guardá-la após o uso. Se, durante o uso, notar a máscara úmida, por exemplo, depois de um espirro, é necessário substituí-la por outra. A quantidade de máscaras a ser usada vai depender do tempo que a pessoa passar fora de casa.


(Renata Gonçalves - Colunista TV Online)

Camilo First

Fone: (41) 9 9867-5934

camilofirst@yahoo.com.br