EDITORIAIS

As notícias, informações, dicas e opiniões com a qualidade dos melhores profissionais!

1/1

APÓS ESTIAGEM VAZÃO DAS CATARATAS DO IGUAÇU AUMENTAM


Depois de 10 (dez) meses de estiagem no Paraná, o volume nas quedas d'água das Cataratas do Iguaçu tem um aumento considerável.

O leito do Rio Iguaçu nasce na região de Curitiba, atravessa o estado do Paraná e deságua em Foz do Iguaçu, nas Cataratas. Por isso, foi importante chover na região metropolitana da capital do estado para haver o reflexo no aumento da vazão do rio.

As Cataratas do Iguaçu são formadas por 275 saltos catalogados, o que dá para elas o título de maior conjunto de quedas d'água do mundo.


TRAJETÓRIA DO RIO

O rio Iguaçu surge da junção do Rio Atuba com o Rio Iraí, esta junção está localizada na região leste do município de Curitiba, no Bairro Cajuru, onde este município faz divisa com o município de Pinhais.

Ao atravessar a Região Metropolitana de Curitiba, o Rio Iguaçu recebe o esgoto doméstico de Curitiba. Ao deixar Curitiba, o rio Iguaçu apresenta-se quase que morto, pela presença de poluição provinda dos esgotos e do lixo que se acumulam nas margens. Ao sair de Curitiba, o rio volta a se regenerar e a apresentar vida. Já em Porto Amazonas, nota-se a presença de peixes. Em municípios do médio curso do Rio Iguaçu, passa a haver captação de água para distribuição e para uso doméstico.

Na região em que o rio faz a divisa entre o Brasil e a Argentina, ele apresenta as Cataratas do Iguaçu, que se constituíram nas maiores quedas em volume d’água do planeta, sendo as águas precipitadas lateralmente em uma profunda fenda de erosão retrocedente.



(Renata Gonçalves - Colunista TV Online)

Camilo First

Fone: (41) 9 9867-5934

camilofirst@yahoo.com.br